NOTA OFICIAL

Chegamos ao final da disputa do Campeonato Mineiro da Segunda Divisão de futebol profissional 2018, ficamos com o sexto lugar na classificação geral, a 02 pontos do quarto colocado que seguiu as semifinais, vale destacar que brigamos por esta vaga durante toda a competição, com um aproveitamento histórico de 100% de vitórias em casa, somente o Montes Claros Esporte Clube conseguiu este feito, dos 18 pontos disputados em casa conquistamos os 18, fizemos 14 gols e sofremos somente 04, demonstrando a grande força da torcida, essa sim merece o nosso muito obrigado juntamente com nossos parceiros.

Tivemos a segunda maior média de público do campeonato, há anos não víamos um campo de futebol com tamanho público em Montes Claros, famílias inteiras prestigiando e apoiando, demonstrando a grande carência principalmente na modalidade, com diversos veículos de comunicação da região fazendo a cobertura dos jogos e treinos, movimentamos novamente a cadeia produtiva que envolve o futebol na nossa cidade, movimentando a economia com bares no entorno do Estádio José Maria Melo (Cassimiro) lotados e dando a uma cidade que possui raríssimas opções de lazer a condição de ter uma programação saudável e motivante nos sábados a tarde.

Assumimos o futebol da cidade com muita desconfiança por parte de todas as estruturas, pois em função dos desgastes e promessas anteriores, todos não achavam possível essa retomada e até faziam chacota. A grande maioria não tem sequer a noção do quanto é difícil estruturar e viabilizar uma equipe profissional, por isso sempre reforçamos a grande necessidade de apoio de todas as estruturas da cidade, sejam públicas ou privadas.

Não tínhamos sequer uma bola no início para os treinamentos, aos poucos fomos evoluindo e chegamos ao patamar seguramente de uma das melhores estruturas disponibilizadas por uma equipe de futebol profissional do estado de Minas Gerais, com atletas e comissão técnica morando e alimentando em hotel 04 estrelas, ônibus privativo para transporte aos treinos, comissão técnica completa, inclusive com psicólogo acompanhando os treinos, toda a estrutura médica necessária para manutenção e recuperação dos atletas, além de um técnico experiente e demos oportunidade a diversos profissionais da cidade para compor a nossa equipe de trabalho. Nas viagens mantivemos e até melhoramos a estrutura com os veículos da nossa Parceira Solaris e hotéis de qualidade.

Mas o que faremos aqui é só agradecer, claro que queríamos a classificação para as semifinais, esse era nosso objetivo, trabalhamos muito para dar as condições para isso, mas infelizmente não veio, e só para entendimento equipes tradicionais e com poder financeiro enorme também não conseguiram nos seus primeiros anos o acesso, demonstrando assim a dificuldade e nivelamento desta competição.

Tivemos apenas 20 dias após a confirmação da participação no campeonato para montagem do grupo de atletas, que até o final da competição ainda chegaram novos para nos ajudar. Dos 30 atletas que tínhamos no grupo, temos o prazer e a satisfação de ter oportunizado espaço a 15 atletas da cidade e região. Infelizmente o regulamento da competição, que era possível somente 05 atletas acima de 23 anos em campo restringiu a inserção de outros excelentes atletas na nossa equipe.

Quem conviveu e acompanhou tem a certeza do envolvimento e interesse de todos pelo resultado positivo deste projeto, por isso agradecemos a todos os atletas e membros da comissão técnica, empresários e parceiros, que trabalharam muito e se envolveram com o Montes Claros Esporte Clube, nossa classificação não veio por detalhes, detalhe este que foi a nossa incapacidade de conquistar uma vitória fora de cada, tivemos os 02 extremos dentro e fora de casa.

Seguiremos forte, nosso planejamento é de disputar o Campeonato Mineiro de Juniores 2019, dando oportunidade aos profissionais e atletas da nossa região e já chegando ao segundo semestre para disputa da segunda divisão com um grupo de pelo menos 15 atletas, facilitando assim a nossa estruturação.

Tomara que agora que todos viram os efeitos, proporção e necessidade para uma cidade de 400 mil habitantes de se ter uma equipe profissional de futebol, que se sensibilizem em apoiar o nosso projeto, que não é político e sim esportivo e visa o crescimento da modalidade.

Muito obrigado mesmo a todos os patrocinadores, apoiadores e torcedores, 2019 voltaremos ainda mais fortes!

Prof. Ms. Andrey Souza

Presidente MCEC